Vinhos! Como montar uma adega em casa?

124
adega em casa | Crédito: Divulgalção
É importante que o local seja escolhido com calma, levando em consideração algumas regras | Crédito: Divulgalção

O sonho de todo apreciador de vinho é ter uma adega em casa, mas como escolher o espaço para armazenar as bebidas?

O mercado de vinhos brasileiros cresce a cada dia, com produtores nacionais de vários tipos de uva. A cidade de São Roque (SP), por exemplo, possui uma das mais tradicionais festas, onde se pode degustar e comprar a bebida. Com isso, o interesse dos brasileiros pelos vinhos foi aumentando, tudo começa pelo consumo, depois passa para o desejo de entender como harmonizá-los com um prato, até o interesse em saber qual a história por traz de um rótulo. Aí já virou paixão! E todo apaixonado por vinhos deseja ter uma adega em casa.

Se você é um dos apaixonados pela bebida e gosta de consumi-la com frequência, coleciona ou deseja começar a colecionar rótulos, é bacana ter um espaço reservado para eles em casa. Mas é importante que o local seja escolhido com calma, levando em consideração algumas regras:

– o espaço deve ser pensado de acordo com a quantidade de vinhos que deseja armazenar, lembre-se que o vinho deve ser guardado deitado. A posição evita o secamento e encolhimento da rolha, não dando espaço para que algum excesso de oxigênio entre na garrafa e estrague ou azede a bebida;

– é imprescindível que seja dentro de casa, o mais longe da luz solar possível, quanto mais escuro for o local de armazenamento, melhor;

– a área não pode sofrer com trepidação ou barulho;

– se possível, evite deixar o vinho próximo a produtos que exalem odores, pois esses odores podem penetrar na rolha e interferir no vinho.

Como criar o local

Você pode criar um local reservado dos outros ambientes da casa ou aproveitar um já existente, como embaixo das escadas, ou na sala de jantar, por exemplo, com isso os vinhos também serão uma forma de decorar o ambiente. Seja qual for a escolha, é importante conversar com um pedreiro experiente, que vai adaptar um novo ambiente ao espaço escolhido e fazer uma obra sem dor de cabeça.

E a temperatura? O mais importante é manter a temperatura constante evitando oscilações. A temperatura ideal para armazenar o vinho é de 12 ºC a 14 ºC, mas isso só é possível com adegas climatizadas (termoelétrica ou digital) que exigem um investimento maior. Quem não quiser gastar tanto no início, pode criar apenas o espaço, sem a climatização. A temperatura um pouco mais alta que 14 ºC não vai prejudicar o vinho, apenas retardar o envelhecimento dele. Porém se atingir temperaturas maiores que 25 ºC, o vinho pode começar a oxidar e deteriorar-se por completo.

Aqui separamos algumas ideias de adegas para você se inspirar e criar a sua:

Gostou? Siga essas dicas de armazenamento e aproveite ao máximo o prazer de degustar um bom vinho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui