• Mundo Zumm
  • Colunas
  • Zummcast
Início Colunistas Gabriel Pereira Compensação divina

Compensação divina

Porque alguma coisa boa precisa acontecer!

Já cansei de dizer – sem falso moralismo – que ser deficiente é bem ruim e não traz compensação nenhuma. Você depende de todo mundo para tudo; é mais fácil “o sertão virar mar” que conseguir se relacionar com alguém, e por aí vai… Mas fora tudo isso, tem um fato extra: como são caros os produtos especializados para PCD (Pessoa com deficiência). Meu Deus!

Esses dias, fui ver o preço para colocar um elevador no meu carro… R$32.000. TRINTA-E-DOIS-MIL-REAIS! E é claro que eu não podia perder a piada, né?! Então, logo mandei um “Não! Eu só queria as coisas para equipar o carro mesmo! O pole dance que você está colocando de brinde, pode deixar quieto! Depois a gente vê de colocar”!

Legal também é ver o modus operandi do pessoal que trabalha com isso, os profissionais da área. Se você questiona valores de produtos e serviços, a criatura age como se você tivesse cometido uma chacina contra a família dela. “Você está precisando? Lereu Lereu, antes tu do que eu”! Essa é lógica.

Sempre fui a favor de a gente exigir uma compensação divina! Tipo assim: Vai nascer deficiente, com esse monte de ônus embutido na situação? Então, também vai receber um valor vitalício de R$300 mil na conta corrente. Simples assim. Afinal, alguma coisa de bom tem que acontecer na sua vida até você chegar ao fim”!

Gabriel Pereira 
Jornalista, deficiente físico e escritor
Autor do livro “NEM TE CONTOs”
@gabspjornalista

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!