Cuidados com os tecidos das roupas

415

Personal organizer Lucianne Korn ensina como cuidar e aumentar a durabilidade das roupas

Nosso modo de se vestir dita nosso estilo e é uma ótima forma de expressar nossa personalidade. Assim, saber manusear e cuidar de diferentes tecidos é importante para preservar as peças por mais tempo e evitar gastos com compras desnecessárias.

“Muitas das manchas, furos e desgaste das roupas acontecem devido à forma errada em que elas são cuidadas”, pontua a personal organizer Lucianne Korn.

Para não sofrer ao perder aquela peça queridinha, Lucianne Korn listou uma série de recomendações preciosas desde como lavar, passar e guardar as roupas de tecidos mais delicados que temos em nosso closet. Vamos lá!

Calça Jeans
A calça jeans é aquela peça básica que todo mundo tem no guarda-roupa, pois se trata de uma opção muito versátil e perfeita para criar diferentes composições no look. Lucianne explica que a peça pode ser lavada normalmente na máquina e a dica é virá-la do avesso para que o sabão não entre em contato direto com o material e provoque seu desgaste.

 Na hora de passar, use o ferro a vapor em uma temperatura bem quente e, para guardar, a melhor opção é pendurá-las com cabides deixando a peça mais visível no armário.

Algodão
O algodão também é um tecido que compõe boa parte das roupas do nosso armário. Para esse estilo de peças, Lucianne indica dar prioridade para a lavagem à mão. “Por ser um material molinho, é importante lavar a mão, mas se não for possível, lave na máquina com água fria e amaciante normal”, indica Lucianne.

Para passar, a organizer sugere observar a etiqueta para saber a temperatura ideal de cada peça. Já no guarda-roupa, a melhor forma é dobrá-las. “Para manter a organização e a estética, opte por gabaritos de dobras, disponíveis no mercado, que facilita este processo”, recomenda a profissional.

Lycra
As roupas desse material, mais comuns em peças de academia, tem muita elasticidade e, por conta disso, devem ser lavadas na máquina em modo delicado com pouco sabão e não necessitam ser passadas. “Caso queira dar uma alisada em uma peça ou outra, pode utilizar o ferro quase frio, mas não é preciso”, alerta Lucianne.

Para guardar, o gabarito de dobras também é indicado. “Além disso, como é um tecido muito comum em roupas de ginástica, se você usa com certa frequência, é legal deixar em um cantinho acessível dentro do armário”, indica.

Lã e tricô
As peças de linha, como lã e tricô, devem ser lavadas a mão com água fria e, dependendo do modelo, em uma lavanderia especializada. Não precisam ser passadas, já que são tecidos que não aguentam o calor. Para guardar, nunca pendure as peças, pois podem danificá-las. Apenas dobre utilizando o gabarito.

Renda e cetim
Tecidos delicados, tanto a renda como o cetim podem desgastar facilmente se não forem cuidados corretamente. Para lavar, o ideal é à mão com água fria, evitando excessos de sabão. Na hora de passar, Lucianne indica usar um pano em cima, como papel de seda, evitando assim o contato direto da peça com o ferro. No armário, as peças podem estar em cabides, exceto aquelas que podem ser marcadas facilmente.

Leia também: Monte seu Armário Cápsula em 5 passos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui