O futuro que já existe: Emirados Árabes (Parte 1)

0
60

Para entender as peculiaridades dos Emirados Árabes Unidos, é importante aprender sobre a fundação desse país, em um passado não tão distante, 1971

Antes, a região era habitada por diversas civilizações e tribos independentes, que não formavam um país unificado. Na década de 1930, começaram as buscas por petróleo nessa área, que era repleta de dificuldades de exploração por causa do terreno desértico – mas isso não fez as empresas desistirem.

Quase 30 anos depois, grandes reservas foram descobertas em Abu Dhabi, que poderia ter focado em continuar se desenvolvendo de forma independente. Contudo, em vez disso, decidiu se juntar a mais seis regiões que virariam os Emirados Árabes Unidos. Essa atitude colaborativa de preferir projetar coisas grandes junto a parceiros a fazer as coisas sozinho se tornaria uma marca registrada do país.

De largada, eles resolveram desenhar um plano de 50 anos para construir e desenvolver o país. Eles sabiam que não só seria importante planejar e desenhar um projeto com execução muito séria, mas também monitorar resultados para que o país pudesse crescer de forma sustentável. Como parte da estratégia, decidiram focar o início do plano em infraestrutura e turismo, tudo idealizado com padrões de qualidade altíssimos e ideias integradas.

Por exemplo, como parte do plano de transformar os Emirados Árabes Unidos em um hub global, um dos investimentos do governo de Dubai foi criar a companhia aérea Emirates em 1985, já reimaginando a experiência do voo para ter o máximo de conforto e qualidade e um serviço de melhor categoria para os clientes.

Ao trabalhar muito próxima de pessoas e iniciativas em Dubai, Abu Dhabi e Sharjah, que é a capital cultural do país, governada por um sheik que é historiador de formação, percebi o quanto os líderes realmente se veem como servidores do seu país e como há uma gratidão muito grande envolvida em ter, ao seu alcance, o poder de impulsionar o país como um todo, sem medo de colocar em prática visões muito ambiciosas. Há muito orgulho em servir.

Emirados Árabes Unidos é um país que continua muito grato às suas origens, parte de uma região que era praticamente zero desenvolvida menos de 50 anos atrás e que conseguiu avançar para viver no futuro que já existe sem deixar para trás suas tradições, princípios e valores.

Se tiver interesse, acesse: www.ofuturoquejaexiste.com.br

Bel Pesce
Empreendedora e escritora
bel@fazinova.com.br
@belpesce

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui