Precisa usar aparelhos auditivos e tem a indicação de várias marcas? Saiba qual critério utilizar para escolher a melhor opção

Quando o fonoaudiólogo coloca muito ênfase no aparelho auditivo, os pacientes, geralmente, apresentam dúvida sobre qual tipo escolher. A adaptação desses dispositivos deve fazer parte de um plano terapêutico com objetivos de acordo com as necessidades e as preferências de cada indivíduo. O foco deve ser a pessoa com a perda auditiva, em um atendimento personalizado e humano.
Na maioria das vezes, a primeira meta a ser alcançada é proporcionar audibilidade com conforto. Dessa forma, à medida que o cérebro vai sendo exposto aos sons, novos ajustes devem ser feitos e, a partir daí, outros objetivos podem ser determinados – ou seja, esse é um processo que não se encerra com a compra do aparelho auditivo.
O serviço prestado pelo fonoaudiólogo deve estar em primeiro lugar, seguido pela qualidade do som e da tecnologia que o aparelho possui. Na aquisição dele, verifique se há um programa com retornos agendados a fim de garantir um bom tratamento da sua perda auditiva. Procure sempre um fonoaudiólogo capacitado que ofereça consultoria na seleção dos aparelhos e seja capaz de montar um plano de tratamento com eles. Somente assim você fará bom uso e terá a possibilidade de aproveitar, ao máximo, todo o investimento!

Flávia Araújo Santos
Fonoaudióloga (CRFª2– 11.140)
www.sonidoaudicao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui