O glamour dos anos loucos

252

A década de 20, a aristocracia britânica, os estilos montaria e animal prints, assim como as criações do irreverente estilista de chapéus Phillip Treacy, são as inspirações que a marca de sapatos femininos traz para a estação mais fria do ano

Se depender da aposta da Zeferino para o inverno deste ano, todo o glamour da década de 20 vai estar em evidência em sua nova coleção. A grife de sapatos femininos se inspirou em um dos eventos sociais mais incríveis do mundo para imprimir o estilo desta temporada em suas botas, mules, scarpins, openheels, sandálias, loafers e Ballerinas.

Zeferino | Crédito: Divulgação
Zeferino | Crédito: Divulgação

A cidade de Ascot, no condado de Berkshire, na Inglaterra, foi o ponto de partida para a inspiração dos designers. É lá que é realizada, desde 1711, o circuito de corridas de cavalos, frequentado pela família real e pela elite europeia, que desfilam toda a sua elegância de época em looks cinematográficos.

O dress code do evento é conhecido pelo uso de chapéus, e um dos principais estilistas deste segmento é o Irlandês Phillip Treacy, referência máxima no assunto. Seus chapéus envolvem arte, histórias e tradições, e foram traduzidos em diversas formas nesta coleção. Os elementos da montaria também estão presentes nas estampas dos sapatos, como a padronagem argyle (que é típica dos jóqueis) e ferragens equestres.

A caça era outro esporte admirado e praticado pelos frequentadores das corridas de Ascot, por isso os animals prints (estampas animais) também dão o tom desta coleção e são forte tendência do inverno 2019. A inspiração principal do tema vem da aristocracia britânica nos anos 20, fazendo uma releitura de época e trazendo esses elementos para a atualidade.

Zeferino | Crédito: Divulgação
Zeferino | Crédito: Divulgação

Leia também: Sandálias rústicas são a aposta para um inverno ameno

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui