Habib’s lança delivery via WhatsApp

0
56

Marca inova com o canal digital, que é um chatbot com inteligência artificial

O Habib’s, maior rede de culinária árabe do País, sai novamente na frente da concorrência e apresenta ao mercado o Delivery Habib’s via WhatsApp, com o mesmo número do Delivery Habib’s. O novo canal digital tem como objetivo se aproximar ainda mais do público jovem ao disponibilizar a entrega via ferramenta de conversação, que é a mais usada por eles atualmente. É um atendimento rápido e fácil, sem que o cliente precise sair do aplicativo para fazer seu pedido.

Hoje os canais digitais do Delivery Habib’s representam 70% do volume de vendas da rede e registraram 7,5 milhões de pedidos em 2018. Para 2019, a meta de crescimento é de 15% sobre esse volume.

Segundo Lucas Mancini, diretor de Delivery do Habib’s, as vendas por delivery têm apresentando um crescimento espetacular nos últimos anos, como uma tendência mundial de obter uma refeição rápida de boa qualidade e com preços baixos. O Brasil já apresenta o sexto maior faturamento dessa modalidade no mundo, e continuará crescendo. “O público jovem tem demonstrado preferência por inovações digitais para se relacionar com o canal de vendas. Acreditamos que o WhatsApp se consolide como um deles”, afirma o executivo.

O cardápio inicial foi composto pelos principais produtos e campeões de vendas do Habib’s. O cliente poderá comprar esfihas, salgados, pizzas, lanches, bebidas e sobremesas usando o mesmo número do Delivery: 3003-2828, só que via WhatsApp.

O serviço foi criado em uma parceria da Interaxa com a Voxline, empresa do grupo e responsável pelo desenvolvimento digital do Delivery. A Interaxa, por sua vez, é a empresa credenciada pelo aplicativo para fazer a integração. O Delivery via WhatsApp é mais uma grande aposta da marca para ampliar as vendas em 2019.

“Com a novidade, os consumidores ganham ainda mais praticidade e economizam tempo, conseguindo saborear nossos produtos best-sellers com mais agilidade, além do excelente custo-benefício. Precisamos estar disponíveis onde nossos usuários estão”, reforça Mancini.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui