iClinic: startup médica de Ribeirão Preto para o mundo

456
Equipe do iClinic | Crédito: Divulgação
Equipe do iClinic | Crédito: Divulgação

Conheça o software criado em 2012 na USP da cidade e que, desde então, já alcançou mais de 20 países como uma solução para a gestão de clínicas e consultórios

Muito se fala sobre a área de saúde – normalmente, mal. Do ponto de vista do usuário, existem muitas características do sistema que devem ser consertadas para seu melhor funcionamento. Mas um lado pouco visto é do médico, que precisa lidar com muitas variáveis no seu dia a dia, encontrando muita dificuldade nessa gestão.

Foi vendo esse problema, durante alguns estágios dentro do Hospital das Clínicas da USP, que Felipe Lourenço, aluno do curso de Informática Biomédica naquela época, encontrou uma necessidade, uma oportunidade, e criou, em 2012, o iClinic, um software para gestão administrativa de clínicas e consultórios médicos. “Nossa empresa tem um objetivo simples: deixar que o médico exerça a medicina com excelência. Só que, para isso, a atenção dele não pode ser diluída com atividades burocráticas. A pegadinha é que ele precisa que elas sejam feitas para que o consultório prospere. E a boa notícia é que nosso software é capaz de ajudá-lo nessa missão, com eficiência e segurança”, afirma Felipe, também CEO da iClinic.

Como funciona

A proposta do software é bem simples: o sistema oferece um leque de funções que facilita uma série de tarefas do dia a dia, da recepcionista ao médico, e fortalecem o consultório como negócio. A parte de agendamento de consultas e exames, por exemplo, é capaz de proporcionar uma redução de até 30% nas faltas dos pacientes − envio de lembretes automáticos de consultas e exames na agenda sincronizada e atualizada em tempo real são algumas das funcionalidades.

Painel de funcionalidades do iClinic | Crédito: Divulgação
Painel de funcionalidades do iClinic | Crédito: Divulgação

Já as ferramentas de prontuário personalizável, receituário digital e solicitação de exames com criação de modelos mais solicitados, por sua vez, agilizam as tarefas burocráticas do atendimento do médico, de forma que o especialista ganha tempo para dar mais atenção ao paciente durante a consulta ou exame – uma vitória para os dois lados dessa equação, como explica o CEO. “A ideia central é trazer o universo dos pequenos e médios consultórios para o digital. Dessa forma, a iClinic oferece agilidade e organização, de modo que o médico e a recepcionista possam focar exclusivamente em atender os pacientes”.

Tela de um prontuário | Crédito: Divulgação
Tela de um prontuário | Crédito: Divulgação

O software apresenta ainda diversos gráficos de evolução de pacientes, gestão financeira e relatórios, entre outros, que, em resumo, desafogam os profissionais envolvidos, aumentam sua produtividade e possibilitam a expansão do negócio. Destaca-se ainda o alto grau de segurança, equivalente inclusive aos sistemas utilizados nos principais bancos do mundo, já que o software criptografa todos os dados inseridos na plataforma – desde os indicadores e relatórios internos da clínica, até informações sensíveis acerca do tratamento e estado clínico dos pacientes.

Funcionalidade reconhecida

iClinic | Leonardo Berdu, Felipe Lourenço e Rafael Bouchabki | Crédito: Divulgação
Leonardo Berdu, Felipe Lourenço e Rafael Bouchabki | Crédito: Divulgação

Ao lado de Rafael Bouchabki e Leonardo Berdu como fundadores da empresa, Felipe conseguiu desenvolver e ampliar o software, que já chega a profissionais de saúde em mais de 20 países da América, Europa e África – mesmo sendo completamente em português – e foi escolhido no ano seguinte de sua fundação como uma das mais inovadoras health techs do mundo pela aceleradora holandesa Rockstart. “Já em 2015, fomos escolhidos como uma das 10 empresas promessas da Endeavor, entidade internacional que promove inovação ao redor do mundo. Além da nossa sede em Ribeirão Preto, estamos também hospedados no espaço Cubo, um dos maiores centros de empreendedorismo tecnológico da América Latina”, conta Felipe.

Atualmente, o iClinic, em sua terceira versão do sistema, possui uma base de 16 mil clientes ativos e beneficiou mais de 70 mil profissionais de saúde. Diretamente, são cerca de 60 colaboradores, mas, segundo Felipe, existem 50 vagas abertas para início imediato em diversas áreas (marketing, desenvolvimento, vendas e gestão de pessoas): “Além dessas áreas em que estamos contratando, temos programadores, designers, analista de mídias digitais, redatores, produtores e analistas de conteúdo, controllers, entre outros formando o nosso time”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui