• Mundo Zumm
  • Matérias
Início Matérias Pet Xixi fora do lugar: entenda a incontinência urinária nos cães

Xixi fora do lugar: entenda a incontinência urinária nos cães

Muitas vezes confundida com comportamento inadequado, a incontinência urinária é um problema que afeta muitos pets e deve ser tratado

Se você tem um cachorro em casa, sabe que existem muitos “truques” para ajudá-lo a fazer xixi no lugar certo, não é mesmo?! Os métodos vão desde o uso de produtos, que por meio do cheiro estimulam o animal a urinar sempre no mesmo espaço, até artifícios como recompensa pelo bom comportamento, que são dados quando ele “acerta” o local.

Alguns donos ainda recorrem a um adestrador, o que é útil em muitos casos. Entretanto, alguns cachorros parecem não aprender, o que dificulta a higiene não só da casa, como também do próprio pet.

O que muitos não sabem, porém, é que este hábito inadequado pode ser sintoma de incontinência urinária, uma doença que pode e deve ser tratada.

Motivos

O diagnóstico da incontinência urinária em cães pode levar anos. Muitos animais acabam até sendo doados ou abandonados, já que o tutor não saber lidar com os inconvenientes trazidos pela doença.

De acordo com Silvana Badra, veterinária da MSD Saúde Animal, o problema pode desencadear outras doenças. “Além de comprometer o convívio com a família, a incontinência urinária faz com que o animal fique pré-disposto a outros problemas, como infecções genito-urinárias e lesões de pele”.

Animais mais velhos ou que sofrem com infecção urinária, cálculos, distúrbios hormonais e doenças na próstata também podem apresentar a incontinência. “Ao notar uma resistência contínua do cachorro em urinar no local correto, procure um médico-veterinário”, ressalta Silvana.

Alguns levantamentos mostram que uma a cada cinco fêmeas castradas sofrem com o problema ao longo da vida. Isso acontece, segundo a veterinária, em uma parcela dos animais castrados, devido à queda dos níveis do hormônio estrogênio.

Atenção aos sinais

Para identificar o problema, cabe ao tutor observar mudanças no hábito de urinar do pet – se ele faz xixi na casinha e em outros ambientes de repouso, por exemplo. “A incontinência pode fazer com que o cachorro não “segure” a urina ao dormir. Por isso, os cães que têm o problema costumam ter recorrentemente a cama molhada”, afirma a veterinária.

Um erro muito comum dos tutores que notam a incontinência urinária é a redução da oferta de água. Assim como para nós, a água é importante para a hidratação e saúde, e não deve ser limitada em hipótese alguma. Inclusive, a partir da observação da quantidade consumida, o tutor, junto ao veterinário, pode identificar outros problemas de saúde, como diabetes.

Tratamento

Como as causas para a incontinência urinária podem ser variadas, o cãozinho deve receber o tratamento mais indicado para seu caso específico. “Hoje já existe no mercado um medicamento seguro e eficaz para o problema. Mas somente o veterinário pode avaliar qual a melhor solução”, finaliza a médica.

Leia também: Descubra os locais pet friendly em Ribeirão Preto

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!