• Mundo Zumm
  • Colunas
Início Colunistas Flávia Araújo Memória auditiva: o que é e como potencializá-la?

Memória auditiva: o que é e como potencializá-la?

Ela é responsável pelas informações sonoras que recebemos a nossa volta dentro de um curto prazo

Por exemplo, quando lembramos a voz de alguém, do nome de quem acabamos de conhecer ou de um endereço que nos foi dado. É um tipo de memória curta. Quando apresentamos um déficit de memória auditiva, isso pode resultar em problemas na compreensão, que refletem em esquecimento da mensagem recebida. É importante saber que déficit de memória auditiva não é a mesma coisa que déficit de audição, pois, muitas vezes, essas carências trazem dificuldade de concentração e atenção, refletindo em dispersão durante a comunicação.

Seguem algumas características de alteração da memória auditiva:

  • Necessidade de tempo para identificar e interpretar as informações ouvidas;
  • Alterações de comportamento (por exemplo, ansiedade);
  • Dificuldade de seguir instruções com mais de dois comandos;
  • Dificuldade em lembrar o que foi dito ou lido depois de alguns parágrafos;
  • Crianças podem apresentar alterações de linguagem oral e escrita.

Se conhece alguma pessoa que se identifica com algum desses sinais, o ideal é buscar orientação médica ou fonoaudiológica. Somente um profissional pode dar um diagnóstico completo e as orientações certeiras para o tratamento!

Mais informações: Centro Auditivo Sonido (Rua Casemiro de Abreu, 576, Ribeirão Preto/SP).

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Flávia-Araújo-Santos_Coluna-Qualidade-de-Vida.png

Flávia Araújo Santos
Fonoaudióloga (CRFª 2 – 11.140)
no Centro Auditivo Sonido

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!