• Mundo Zumm
  • Colunas
Início Colunistas Flávia Araújo Neuroplasticidade: como ela ajuda pessoas com perda auditiva

Neuroplasticidade: como ela ajuda pessoas com perda auditiva

Essa capacidade é um processo involuntário do nosso corpo, especialmente do cérebro, que acontece o tempo todo, mas também pode ser estimulado

A neuroplasticidade é a capacidade do nosso cérebro de se adaptar às mudanças conforme nossas necessidades. Isso acontece por meio da reorganização dos neurônios de acordo com mudanças ambientais, sociais e físicas, como privações e até lesões.

E, assim como outras partes do corpo que precisam ser exercitadas para termos bom condicionamento físico, existem maneiras de estimular o cérebro para que ele continue exercendo suas funções.

Na questão auditiva, pode ser observado, nos estágios iniciais da perda auditiva em adultos, alterações na neuroplasticidade cortical. Nesse processo, o cérebro tende a diminuir as partes relacionadas à audição e pedir auxílio a outras áreas, as quais começam a processar impulsos relacionados ao som, substituindo ou compensando aquelas que diminuíram e que seriam usadas para a audição. Mesmo que o grau de perda auditiva seja leve, pode causar alterações secundárias no cérebro.

Dessa forma, é importante realizar testes e usar aparelho auditivo assim que a perda for identificada. A utilização do mesmo beneficia aspectos emocionais, sociais e intelectuais, refletindo de forma significativa na qualidade de vida. A rapidez nos processos ajuda a proteger a reorganização do cérebro, que pode acontecer com mais facilidade.

Duas dicas simples para estimular a neuroplasticidade

  • Faça seu cérebro pensar: vale, por exemplo, mudar sua rota até o trabalho, tomar banho de olhos fechados a fim de estimular outros sentidos e fazer com a mão esquerda tudo aquilo que se está acostumado a fazer com a direita. Todas as atividades que afetam sua zona de conforto e fazem seu cérebro trabalhar são bem-vindas!
  • Cuide de seu bem-estar: ter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos é só o começo! Também é válido frequentar ambientes que ofereçam tranquilidade ao corpo e à mente.

Mais informações: Centro Auditivo Sonido (Rua Casemiro de Abreu, 576, Ribeirão Preto/SP).

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Flávia-Araújo-Santos_Coluna-Qualidade-de-Vida.png

Flávia Araújo Santos
Fonoaudióloga (CRFª 2 – 11.140)
no Centro Auditivo Sonido

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui

MAIS LIDAS DA SEMANA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!