Retratos de amor

245

“É mais fácil amar o retrato.
Eu já disse que o que se ama é uma ‘cena’.
‘Cena’ é um quadro belo e comovente que existe
na alma antes de qualquer experiência amorosa.
A busca amorosa é a busca da pessoa que, se
achada, irá completar a cena.
Antes de te conhecer eu já te amava… E então,
inesperadamente, nos encontramos com o rosto
que já conhecíamos antes de o conhecer.
E somos então possuídos pela certeza absoluta
de haver encontrado o que procurávamos.
A cena está completa.
Estamos apaixonados“.
(Rubem Alves)

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui