O que é a síndrome do Overtraining e quais são os seus sintomas?

113
overtraining | Crédito: Divulgação
O overtraining ocorre quando o organismo é submetido a uma sobrecarga exagerada | Crédito: Divulgação

Pessoas que treinam demais tendem a desenvolver esta síndrome, sintomas podem ser confundidos com outras doenças

Você já sentiu, insônia, fadiga persistente, dores musculares, diminuição de força nos treinos ou perda de motivação para treinar? Esses são sintomas do overtraining ou supertreinamento, a síndrome acomete pessoas que praticam esportes ou treinamentos com altos níveis de exigência para obtenção de um objetivo.

O overtraining ocorre quando o organismo é submetido a uma sobrecarga exagerada sem que haja um descanso adequado. Geralmente, se dá por um conjunto de múltiplos fatores de estresse (emocionais, comportamentais e/ou ligados à condição física), aliados há um desequilíbrio entre a carga de treinamento e a falta de recuperação.

Engana-se quem pensa que apenas atletas podem sofrer com o overtraining, profissionais e amadores, independente do nível de treinamento, estão sujeitos a desenvolver essa síndrome, principalmente quando atingem uma estagnação no avanço dos resultados, conhecida como platô.

Tratamento

O melhor tratamento do overtraining é o repouso e pode variar entre 1 e 8 semanas, dependendo de cada caso. Além do repouso outras medidas podem ser tomadas como: redução das cargas de treino; pausar a atividade atual e procurar uma atividade que lhe proporcione mais prazer; promover uma recuperação passiva e ativa, que consiste em pequenos jogos, corridas leves, treinos regenerativos e alimentação.

Caso você esteja com um dos sintomas apresentados procure um profissional qualificado, ele poderá adequar as sessões de treino de acordo com a sua realidade, alimentação, demais atividades e objetivos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu Comentário
Por favor coloque seu nome aqui